01 de Janeiro de 2013: O primeiro treino do ano

La Prima Running - Corrida de Rua de um jeito diferente

Sim, é isso mesmo! Dia 01 de Janeiro. Primeiro dia do ano.
Eu costumo fazer um treino no primeiro dia do ano para que já comece com o pé direito e o esquerdo em movimento. Nos próximos dias faço o post mais elaborado sobre os 13K que fiz hoje, sobre a São Paulo quase irreconhecível pós réveillon. Sensação de estar em um lugar que não existe, ao menos nos outros 364 dias do ano.
Realmente eu fiz um post mais detalhado, mas publiquei no Runnaholics pelo teor lúdico e simbólico desse treino. Estou colocando umas fotos aqui dos lugares que passei, mas recomendo fortemente a vocês lerem o meu relato sobre esse treino no Runnaholics.
É um dia muito diferente dos outros. Mesmo que você não queira, a coletividade encarrega-se de tratar o dia 01 como um dia excepcional, onde você esquece tudo o que viveu no ano passado, para investir neste novo ano. Assim é o que faço com minha vida e meus treinos. Muitas vezes eles são orientados para que eu corra, saia um pouco de uma situação que estava pensando e passe a enxergar o problema de outra forma, ou encontrar a solução para aflições e demais preocupações e tristezas. Assim foi a La Prima Running. Uma corrida simbólica, que passa por pontos importantes da cidade, e lugares onde eu passei que me marcaram muito, como o bairro da Liberdade.
Espero que gostem do relato. Está realmente mais extenso que os últimos posts que eu publicava, mas é de coração, hehe.

Ah, esqueci de dizer: Todas as fotos abaixo foram feitas enquanto eu corrida, registrando a cidade.
Corrida no Bairro da Liberdade - SP
Templos budistas, ruas vazias e lanternas apagadas era o que se via na Liberdade 

Corrida no Bairro da Liberdade

Templo Budista - Liberdade

Gasto as paredes
Muito amor, mas a raiva é um dos combustíveis da alma.

StreetArt - Praça Paulo Kobayashi - São Paulo
Arte Urbana e intervenções pela cidade marcam a paisagem do centro de São Paulo – Praça Paulo Kobayashi 

StreetArt - Praça Paulo Kobayashi - São Paulo

 Arte Urbana e intervenções pela cidade marcam a paisagem do centro de São Paulo – Praça Paulo Kobayashi

De cenas lindas até chineses sendo roubados no bairro da Luz. Sim, isto é SP 

Natal na 25 de Março

Deusa Diana - Parque da Lux
Diana, uma deusa que recusa o casamento e se entrega às batalhas. Alusão às mulheres modernas e especiais, sempre à luta – Parque da Luz

Se você quiser ler o post, o endereço no Runnaholics é esse: http://www.runnaholics.com/2013/01/LaPrimaRunning.html

Minha breve retrospectiva de 2012

Quem me conhece sabe que eu não sou de alongar muito a conversa. Prefiro ser bem sucinto nas minhas resoluções.
2012 (assim como 2011 e 2010) não foram anos muito bons para minha vida pessoal. Tive algumas perdas e mudanças profissionais que me tomaram um grande tempo em termos de adaptação e entendimento das situações.
O ano começou muito bem, prometendo várias provas e mais treinos do que o ano anterior (2011).
Participei de algumas provas (não muitas) e procurei manter a rotina dos treinos de final de semana.
No primeiro dia do ano, fiz um treino para cada KM do mês (12K). Lendo agora o que escrevi realmente acertei na previsão: O mundo já está ficando over de tanto ON por aí. A tendência é cada vez mais equilibrarmos o ON e o OFF. Este ano eu melhorei bastante em vista de como estava em 2011.
Estes treinos no primeiro dia do ano são sempre marcantes. Vale para começar bem o ano e enfrentar os novos desafios. Minha primeira prova foi a Corrida do aniversário de Santo Amaro, com bons amigos. Eis que surge algo que iria mudar o ano por inteiro: a perda de uma grande amiga que eu tinha, ocorrida dia 16 de maio deste ano. Iriamos correr a prova da tribuna com outros amigos, e depois que isto aconteceu, não tive pique para correr por lá.
Nos meses futuros a tristeza tomou conta da minha pessoa, fazendo com que eu reduzisse bastante o volume de treinos (pois estava mantendo a frequência justamente com a minha amiga, me incentivando a treinar mais também), e passei meses em um fase de tristeza e depressão.
Eis que procurei outra forma de praticar atividade física, pois momentaneamente a corrida me lembrava muito a manola, e assim voltei para uma paixão antiga, a bike. Foi assim que reencontrei um novo amor, uma prática complementar aos treinos de corrida que eu já fazia. E assim fui melhorando e superando a dor.
Foi quando, graças a grandes amigos, voltei a realizar os treinos e corridas. Posso dizer que neste ano dei uma reduzida na frequência de treinos, mas nunca desistirei e vou parar de correr, que é um amor verdadeiro.
Bem, se eu fosse escrever por tudo o que passei este ano, acho que, emocionalmente  o volume e turbilhão de coisas equivaleria a um post do tamanho da bíblia sagrada, então vou poupá-los de ler tudo isso e simplificar aqui pelo que passei. Ah, não relatei os acidentes de bike que sofri durante o ano, que me fizeram ganhar algumas cicatrizes, que pretendo fazer um post mais pra frente sobre as marcas de 2012.
Pois bem, misturando corrida com bike e emoções, cheguei ao fim do ano com a intenção de fazer 2013 muito melhor que este ano que passou.
Desejo a todos vocês uma excelente passagem de ano e um ano novo cheiro de atividades físicas, alegrias e fraternidade.
PS: No finalzinho do ano, amigos que fotografam me fizeram redescobrir um costume antigo meu (herdado pelo meu pai, que já foi repórter fotográfico alguns a muitos anos atrás): a fotografia. A mistura de fotografia com corrida, e bike, só em 2013 vocês vão saber no que vai dar =P
FELIZ 2013!

Vem 2012, Vem!

É isso aí! Chegamos a 2012. O ano da exaustão do ON, e talvez, o início do movimento OFF. E eu a cada dia mais conectado, tentando me equilibrar entre o ON e o OFF. Bem, só não vou fazer mais isso na corrida! Sempre ON!
Ultimamente, após minha saída do Grupo Pão de Açúcar, passei a me dedicar muito ao novo empreendimento, e acabei descuidando do mais importante: saúde! Passei a ter uma vida mais sedentária, trabalhando quase 10 horas sentado e apenas 2 alimentações durante o dia, com direito aos fasts-foods venenosos e viciantes (Hehe).
MAS PERAE! O post de hoje não é para ser triste, nem pra ficar arranjando desculpa pelo que aconteceu! Então, que venha 2012, assim como todo ano novo, com sua alegria e esperança que seja melhor.
E vai! Logo no primeiro dia, 12K para estrear o ano, 1KM para cada mês de 2012:

1KM – Parque do Ibirapuera

2KM – Monumento às Bandeiras

3KM – Avenida Brigadeiro Luis Antônio

4KM – Rua Pamplona

5KM – Rua Tatuí

6KM – Rua Augusta

7KM – Avenida Paulista

 8KM – Avenida Paulista

 9KM – Avenida Paulista (De novo???)

  10KM – Avenida Bernardino de Campos

  11KM – Rua Estela

  12KM – Parque do Ibirapuera

Apenas os loucos sabem o que é fazer isto. Quem está de fora não vai entender mesmo…rs
O Link para esse percurso está no meu perfil do SportsTracker e no Endomondo